domingo, 27 de fevereiro de 2011

A DIFÍCIL ARTE DE ELOGIAR ALGUÉM...

Quem trabalha para pessoas sabe o quanto é difícil agradar todo mundo. Digo isso por experiência própria.
Uma das atividades no meu trabalho é organizar eventos e, por mais que eu me esforce para fazer um trabalho bem feito, sempre aparece alguém insatisfeito com alguma coisa: se o evento termina cedo, poderia ter terminado mais tarde; se acaba tarde, deveria ter sido mais cedo; quando a bebida está gelada, o problema é a fila, que estava demorada demais; se a decoração era azul, poderia ter sido rosa... Quando você acredita que considerou tudo para minimizar a insatisfação das pessoas, sempre aparece alguém de plantão para criticar.
Elogiar significa enaltecer, colocar em evidência o que a outra pessoa tem ou fez de bom. Se alguém faz alguma coisa que você gosta, é um ótimo momento para fazer um elogio.
Mas... Por que será que é mais fácil criticar do que elogiar?

Apesar de simples, muitas pessoas sentem dificuldade em elogiar alguém. Muitas vezes, preferem procurar o detalhe que não estava conforme seu gosto a disparar um “foi muito bom o que você fez”.  São os críticos de plantão, pessoas extremamente difíceis de agradar, não porque são exigentes em relação aos serviços que estão recebendo, mas, sim, porque são incapazes de analisar o esforço, a intenção, o carinho e a boa vontade por trás dos serviços que estão recebendo. Nas raras vezes em que elogiam, completam a frase com “mas poderia ter sido assim ou assado...”
Essa semana, eu recebi um elogio, o que me inspirou a escrever o texto de hoje. Organizei um evento numa cidade do interior da região Norte, que não possui nenhuma infraestrutura para isso. Tive que providenciar tudo na capital do Estado e tive que confiar no comprometimento dos fornecedores que havia contratado.
No meio do evento, quando eu já estava mais tranquila com o resultado alcançado, um senhor que conheci apenas nos dias em que fiquei na cidade, me chamou de lado e falou: “a festa está ótima. A bebida está gelada, a comida está gostosa, todo mundo está gostando...”  Confesso que fiquei esperando a famosa frase “mas poderia estar melhor”, que não veio.
Foi um dos elogios mais gostosos que eu ouvi na vida. Me senti reconhecida por todo meu esforço em realizar algo que agradasse aos convidados e, sobretudo, senti que foi sincero. Se havia alguma coisa para ser criticada, o autor do elogio teve a sensibilidade de guardar para outra ocasião.
Aliás, sensibilidade é a palavra-chave para quem quer elogiar ou criticar. Saber o momento mais adequado para abordar uma das duas coisas é o que garantirá que nossos comentários sejam encarados como motivadores ou como mais uma chatice de alguém que só sabe reclamar.
Nem sempre conseguimos fazer esse discernimento. Assim como a paciência, tema sobre o qual escrevi na semana passada, exige prática e boa vontade, duas atitudes que dependem exclusivamente de nós para dar certo.
Que tal, então, a partir de agora, sempre que gostar da atitude de alguém, investir seus comentários em um elogio sincero, só para variar?

8 comentários:

meyre lapido disse...

assim como às vezes nos irritamos com os defeitos de alguém porque eles nos mostram o que tbém somos ,as qualidades tbém podem irritar porque mostram o que tbém gostaríamos ser e não somos.Na teoria a solução é tão simples né?:-Caramba! eu tenho esse defeito! que bom que estou vendo isso em mim, de agora em diante vou tentar me corrigir.
-Que legal! como ela faz pra ser assim? tão organizada, ser tão simpática, ser tão sincera etc etc etc vou tentar trazer essas qualidades pra mim.È complicado, mas não é difícil, é só ter o desejo verdadeiro. Bom, começo aqui, a intensificar nais ainda a minha arte de elogiar:
Quero que vc saiba que estou tão feliz pela maneira que está conduzindo a sua vida que se eu não tivesse tido o previlegio de ser a sua mãe eu gostaria muito de ser a sua filha!

Maria Teresa disse...

Karina,

Excelente abordagem, disse tudo!
Um elogio sincero é mobilizador e refrescante. E quem faz o elogio sincero também recebe a sensação de ser justo.

Excelente!
bjs
Matê

Eliene Faria disse...

Ká, beijão, além de ser muito interessante o seu comentário sobre elogiar as pessoas, vc tem que se dar conta de qto isto caiu na hora certa, no lugar certo, para o momento que estou vivendo agora no condominio, onde as pessoas só evidenciam as coisas negativas e nunca as coisas boas que fazemos!
Parabéns, que Deus te abençoe e de muitos anos de vida para esta familia linda que vc tem.
Me emocionei com o comentário de sua mãe. Dela não preciso nem dizer o qto a amo né?
Beijos, Eliene

Sílvio do seu skipe disse...

Oi Karina, a Lida com ser humano por sí só já é uma batalha que sempre nos torna perdedor, são ingratos e insatisfeitos por natureza, Cristo foi o maior exemplo de que somos impossiveis de agradar nem ele com sua perfeição agradou, que dera nós meros mortais, quem sabe se com atitudes como a sua acenda uma centelha, uma pequena luz dentro, destas fascinantes e complexas criaturas e os tornem humanos em todo sentido da palavra.
E nos tornemos se não felizes, quem sabe alegres em momentos fáceis ou difíceis nesta tão breve passagem que é nossa vida nesta esplendorosa terra, que destruímos um pouco a cada dia.

Sílvio do seu skipe

Adriana Otani disse...

É comum ouvir das pessoas que críticas são mais construtivas que elogios. Concordo até certo ponto. Críticas sempre fazem você ver as coisas de um ponto de vista diferente e aprender alguma coisa nova. Porém, eu acredito que uma coisa complementa a outra. Elogios são fundamentais para motivar, para ver que o que você faz ou é está no caminho certo. Acredito que na vida pessoal ou profissional, críticas e elogios têm exatamente o mesmo peso.

Cássia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Cássia disse...

Ka, como sempre a coerência aparece nos seus textos.
Me lembro de um professor do primário que dizia: "Elogios em público, críticas a parte." Bjo

Mir disse...

Ka, gostei muito do texto, vejo que as pessoas tem mais facilidades em criticar acho q é porque primeiramente não estão bem consigo mesmo ou então porque preferem fazer criticas construtivas pra ajudar ao proximo, pq ninguem é perfeito, mas elogiar faz bem a saúde...bjs